Português (pt-PT)English (United Kingdom)

Compete à Biblioteca facultar os recursos informativos necessários ao desempenho das actividades educativas e de investigação científica e tecnológica numa gestão centrada no utilizador.

É indispensável que os estudantes do ensino superior sejam capazes de localizar a informação de que necessitam, de lidar com várias fontes e, mais importante ainda, competentes para a sua avaliação.

Daí a necessidade de os responsáveis pelas bibliotecas abraçarem novas responsabilidades consentâneas com as exigências do mundo virtual, nomeadamente em domínios nos quais as suas capacidades e competências são dificilmente reconhecidas (tecnologias de informação, investigação, ensino/formação, edição).

Os responsáveis pelas bibliotecas e docentes obrigam-se a desenvolver uma relação de parceria, devendo os primeiros concretizar um conjunto de iniciativas enquadradas no domínio do marketing dos relacionamentos.

O IESF, consciente destas premissas, estabeleceu com a Câmara Municipal de Fafe um protocolo que visa facilitar o acesso dos seus alunos ao catálogo bibliográfico da Biblioteca Municipal, tendo contribuído com a informatização do seu espólio, acessível a partir do GIB - catálogo colectivo de Fafe.

Os repositórios científicos das universidades e politécnicos são excelentes ferramentas para a promoção da literacia científica. Aconselha-se, num primeiro patamar de familiarização, o recurso ao RCAAP (repositório científico de acesso aberto em Portugal) ou à b-on (Biblioteca do Conhecimento Online). O estudante e o docente reconhecerão, rapidamente, os resultados na investigação.


         RCAAP      b-on            GIB

joomla template