Entidades

 IESF
 
CERCIFAF
 
Santa Casa da Misericórdia
 
Agrupamento de Arões
 
Agrupamento Carlos Teixeira
 
CPCJ
 
Centro de Saúde
 
Segurança Social
 
Câmara Municipal de Fafe
 
 
 

Autenticação



Bem-vindo ao sítio do OCIF
Estilos interativos dos educadores no desenvolvimento das crianças Versão para impressão

Estudo sobre o impacto dos estilos interativos dos educadores no desenvolvimento e competência de iniciativa das crianças dos 12 aos 36 meses

(Lino, D., Costa, C., Paulo, E., Araújo, C., & Silva, R., Lourenço, S.)

 

A qualidade do desenvolvimento e a competência de iniciativa das crianças associam-se positivamente à qualidade de mediação dos educadores, entendida aqui como o tipo de interações dos educadores que se demarcam daquelas designadas como ensinar e instruir, e que dizem apenas respeito à sensibilidade e à intersubjetividade entre educador e criança. Parece ser consensual, na literatura especializada, que a qualidade do desenvolvimento global das crianças é, em larga medida, determinada pelas interações que ocorrem entre educadores e as crianças. No entanto, só muito recentemente, os estudos têm-se debruçado sobre a interação dos educadores com crianças durante os primeiros anos de vida e sobre a forma como diferentes tipos de interações se relacionam com diferentes comportamentos e resultados desenvolvimentais das crianças.

O projeto de investigação intitulado “Impacto dos estilos interativos dos educadores no desenvolvimento e competência de iniciativa das crianças dos 12 aos 36 meses”. Trata-se de um estudo longitudinal com a duração mínima de dois anos. Grosso modo, com este estudo pretende-se acompanhar uma amostra de crianças com idades dos 12 aos 36 anos e as respetivas educadoras em contexto de creche com vista a perceber e caracterizar o impacto dos estilos interativos dos educadores no desenvolvimento e na competência de iniciativa das crianças dos 12 aos 36 meses. Especificamente procura-se compreender as associações entre estilos interativos dos educadores, o desenvolvimento e a competência de iniciativa das crianças dos 12 aos 36 meses.

Prevê-se ainda, na transição do primeiro para o segundo ano do estudo, introduzir um programa de intervenção/formação dos educadores ao nível dos estilos interativos por estes evidenciados e desta forma perceber se mudanças nos estilos adotados, decorrentes do programa de intervenção, possam beneficiar o desenvolvimento e competência de iniciativa das crianças.

Neste estudo serão usados os seguintes instrumentos: i) Ficha de caracterização sócio-demográfica da amostra (Costa, C., Paulo, E., Araújo, C., & Silva, R., Lourenço, S- versão para investigação, 2012); ii) High/Scope Child Observation Record For Infants and Toddlers (High/Scope Press); iii) PQA- Infant and Toddler Program Quality Assessment  (High/Scope Press); iv) EAEE- Escala de avaliação dos Estilos Educativos (Mc William, R., Scarborough, A., Bagby, J. & Sweeney, A.1996); v) SIGS (Ziko, Well-Being And Involvement in Care. A process-oriented self-evaluation instrument for care Settings), Research Centre for Experiential Education Leuven University.

A amostra deste estudo será constituída por grupo alargado crianças entre os 12 e os 36 meses e as respetivas educadoras. O estudo será realizado em contexto de creche e conta com a parceria e colaboração das seguintes instituições nas quais os dados deste estudo serão recolhidos.

 

 
DESCRIÇÃO GERAL DO PROJECTO E DOS OBJECTIVOS Versão para impressão

O Observatório sobre Crianças e sobre a Infância no Concelho de Fafe (OCIF), criado e coordenado pelo Instituto de Estudos Superiores de Fafe, visa a estruturação de um espaço que abrange dois eixos de acção:

  • a elaboração de um sistema de recolha e tratamento de informação sobre a situação da infância no concelho de Fafe;
  • a promoção de actividades em torno deste grupo social (0-12 anos), a partir de uma perspectiva multidisciplinar e interinstitucional.

Pretende-se construir um espaço de investigação e intervenção social que permita contribuir para um conhecimento mais aprofundado sobre a situação da infância no concelho.

 

A longo prazo, o OCIF tem como objectivos principais:

1.     Actuar ao nível local em questões associadas à infância e à educação no concelho de Fafe.

2.    Desenvolver relações privilegiadas entre o IESF e as instituições que actuem directamente sobre e com a infância.

3.     Promover espaços de troca e partilha de experiências e boas práticas para e com crianças no concelho de Fafe.

4.     Contribuir para o desenvolvimento de linhas de investigação/intervenção com o grupo social da infância (0-12 anos).

 

 

Pretende-se:                 

  • Criar uma página Web na página do IESF, em actualização permanente, com a informação recolhida: caracterização do concelho, dados sobre o grupo social da infância, textos de trabalho produzidos com os principais resultados e experiências relevantes em curso, acervo bibliográfico, notícias sobre a infância, links para sites sobre infância, trabalhos desenvolvidos pelos docentes/investigadores, pelos alunos, etc.
  • Criar uma base de dados sobre a situação da infância no concelho de Fafe nas suas várias dimensões: sociais, económicas, demográficas, culturais, psicológicas, educativas, desportivas e médicas.
  • Assessorar a implementação de práticas inovadoras de educação e intervenção social e técnica sobre, para e com crianças considerando sempre a acção a partir dos Direitos da Criança.
  • Criar um espaço no IESF para a comunidade do concelho de Fafe que trabalhe em complementaridade com outros projectos desenvolvidos no IESF como o Gabinete de Psicologia e o Centro de Formação.
  • Realização de Seminários, Workshops e demais eventos que permitam divulgar os resultados do projecto.
  • Acções nos Agrupamentos e outras instituições no concelho que trabalhem/actuem sobre e com a infância sobre as várias temáticas envolvidas no projecto.

Estando envolvidos docentes/ investigadores da ESEF, professores/educadores, representantes de instituições do concelho de Fafe e alunos, delimitar-se-ão, para a consecução do mesmo, em diferentes áreas de trabalho.

 
Darwin e a Origem das Espécies Versão para impressão

Darwin e a Origem das Espécies

- Concurso de Posters -

 Darwin e a Origem das Espécies

 

Há 150 anos, o naturalista Charles Darwin reuniu as suas observações feitas durante a sua viagem de circum-navegação a bordo do HMS Beagle na sua obra “A Origem das Espécies”. Nela descreve a ocorrência da evolução biológica, apontando não só uma origem comum a todas as espécies presentes na Terra mas essencialmente um mecanismo de adaptação de cada espécie ao seu meio ambiente.

 

Continuar...
 
Direitos da Criança Versão para impressão

No dia 1 de Junho, as alunas do 3º ano da licenciatura em Educação de Infância e de Primeiro Ciclo desenvolveram uma actividade articulada entre cursos, no âmbito da disciplina de Sociologia da Educação, sobre os Direitos da Criança.

Direitos da Criança

Continuar...
 
Concurso Logótipo Versão para impressão

 

Concurso para a criação do logótipo OCIF

 Logótipo OCIF

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Logótipo OCIF, redesign a partir do trabalho vencedor do Concurso de Logótipo do OCIF, da autoria de Tambor (pseudónimo), 3 anos; Escola EB1/JI Ferreiros n.º 1 Arões S. Romão

 

Continuar...
 

Inquéritos

Considera pertinente a criação de um Observatório da Criança em Fafe?
 

Destaques

Ligações em destaque:
Centro de Saúde Fafe
Vírus da Gripe A (H1N1) Nova estirpe do vírus da gripe identificada em surtos de gripe humana de origem suína no México e EUA. Actualizado!
Segurança Social
Segurança Social Destaques - Prestações Familiares
CPCJ
CPCJ Comissões de Protecção de Crianças e Jovens

Visitas

mod_vvisit_counterHoje4
mod_vvisit_counterOntem4
mod_vvisit_counterEsta Semana4
mod_vvisit_counterEste Mês95
mod_vvisit_counterTotal12952

O seu IP: 10.10.0.30

Em linha

Temos 2 visitantes em linha

Estatísticas

Visualizações de conteúdos : 42421