Português (pt-PT)English (United Kingdom)

Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto, Escola Profissional de Fafe

GACO Gabinete de Apoio à Comunidade (GAC) informa que no dia 17 de junho, 2020 a Associação Empresarial de Fafe, Cabeceiras de Basto e Celorico de Basto renovou o seu protocolo com a Cooperativa António Sérgio para a Economia Social (CASES), constituindo-se como um elemento da Rede de Entidades Credenciadas para Prestação de Apoio Técnico ao projeto SOU MAIS.

Sendo este o Programa Nacional de Microcrédito, sob gestão da CASES que facilita o acesso ao crédito através de um financiamento de pequeno montante, até ao limite de 20.000 €, destinado a apoiar a criação e a expansão de projetos, que criem postos de trabalho sustentáveis.

O empreendedor deve ter, pelo menos, 18 anos à data do pedido de financiamento, e não ter registo de incidentes não justificados no sistema bancário.

O Programa Nacional de Microcrédito tem como destinatários:

— Todos aqueles que tenham especiais dificuldades de acesso ao mercado de trabalho e estejam em risco de exclusão social, possuam uma ideia de negócio viável, perfil empreendedor e formulem e apresentem projetos viáveis para criar postos de trabalho;

— Microentidades e cooperativas até 10 trabalhadores, incluindo neste número os cooperadores trabalhadores, que apresentem projetos viáveis com criação líquida de postos de trabalho, em especial no domínio da atividade na área da economia social.

Prazos: A operação terá um período de carência de capital de 24 meses e deverá ser reembolsada com 60 prestações mensais iguais de capital, com acréscimo do valor mensal dos juros.

Taxas: A taxa de juro máxima a suportar pelo empreendedor é de 3,5% ao ano, sendo o excedente suportado pelo IEFP, IP. É de referir ainda que, no primeiro ano, os juros estão a cargo do IEFP, IP, que também suporta 2,25% da taxa de juro aplicada no segundo e terceiro anos.

Garantias a prestar pelo empreendedor: Poderá ser exigida uma livrança avalizada até 25% do crédito contratado.

Seleção do banco: Cabe ao empreendedor escolher o Banco onde irá apresentar o seu dossier de negócio.

Instituições bancárias aderentes: Banco Popular, Barclays, BIC, BPI, CGD, Crédito Agrícola, Millennium-BCP, Montepio, Novo Banco, Santander-Totta.

Consulte: https://www.sou-mais.org/apresentacao/conheca-o-sou-mais

Para qualquer esclarecimento, contacte através do e-mail This e-mail address is being protected from spambots. You need JavaScript enabled to view it ou através do contacto telefónico 253 599 278.

Mais informações: https://aefafe.pt/ e https://aefafe.pt/2020/06/17/associacao-empresarial-renova-protocolo-com-a-cases/

joomla template