Português (pt-PT)English (United Kingdom)

José Carlos Meneses Rodrigues [ESEF]

A Câmara Municipal de Amarante organizou este evento (II Congresso Histórico de Amarante) em 2009, compilando as comunicações em quatro volumes, com publicação em janeiro de 2011.

José Carlos Meneses Rodrigues participou com A estética do Barroco joanino em Miguel Francisco da Silva nas igrejas de S. Pedro, S. Domingos e S. Gonçalo (Amarante), artigo inserido no vol. II, tomo II, p. 49-68 – Património, Arte e Arqueologia.

A igreja de S. Pedro (1746), no centro histórico de Amarante, está identificada com dois nomes: Miguel Francisco da Silva (riscador) e José da Fonseca Lima (entalhador). Não sucedendo o mesmo nas igrejas de S. Domingos e de S. Gonçalo, seguimos o percurso de Miguel Francisco da Silva, dinamizador do barroco joanino no Norte - a partir da cidade do Porto (igrejas da Sé e de Santa Clara, 1727/1730) -, para as incluir na sua escola.

As igrejas de Bustelo (Penafiel - 1742), de S. Francisco (Guimarães - 1743), de S. Lourenço de Pias (Lousada - 1743), entre outras, são primordiais para o estabelecimento de tipologias e a consequente inclusão de S. Domingos na estética desse exímio arquiteto-entalhador que foi Miguel Francisco da Silva.

joomla template