Português (pt-PT)English (United Kingdom)

Articulação entre o pré-escolar e o primeiro ciclo: fator de continuidade educativa

Com a introdução da Educação Pré-Escolar no Sistema Educativo, através da Lei 46/86 de 14 de outubro, o Primeiro Ciclo do Ensino Básico passou de ciclo inicial e ciclo terminal para ciclo intermédio da Educação Básica. Tal realidade faz com que haja necessidade de uma articulação educativa entre este ciclo-charneira e a educação Pré-Escolar que a precede.

 

Efetivamente, a aprendizagem é um processo contínuo e continuado do indivíduo ao longo da vida, pelo que a continuidade educativa, condição de um desenvolvimento equilibrado, harmonioso e de qualidade, implica uma articulação sistémica e sistemática entre os diversos subsistemas educativos, condição sina quo non a educação deixará de ter qualidade.

 

Tradicionalmente a viver num isolamento organizacional, professores do Primeiro Ciclo e Educadores de Infância encontram-se agora num novo modelo organizativo que os torna agentes de um mesmo Projeto de Educação, num mesmo Território Educativo. Obriga, a uma prática de continuidade educativa, sustentada numa efetiva articulação de desenvolvimento curricular.

 

A educação de qualidade axiomatiza a continuidade educativa como condição de base para a sua efetivação, na convicção de que a educação é um processo que deve conduzir ao sucesso global do indivíduo, que deve contribuir para um desenvolvimento adequado das competências que lhe permitam ser, num futuro próximo, um cidadão responsável, solidário e participativo, verdadeiro agente do progresso da comunidade em que se insere.

Deste modo, o presente trabalho procura analisar os pressupostos teóricos da continuidade e articulação educativa entre a Educação Pré-Escolar e o Primeiro Ciclo.

With the introduction of Preschool Education in the Education System, through Law 46/86 of 14th October, the First Cycle of Basic Education has gone from initial and terminal cycle to intermediate cycle in Basic Education. This change leads to the need of an educative articulation between this intermediate cycle and Preschool education that precedes it.

ABSTRACT 

Effectively, learning is a continuous and ongoing process of the individual throughout life, and thus the educational continuity, condition for a balanced, harmonious and quality development, implies a systemic and systematic articulation between the different education subsystems, a sine qua non condition for a quality education.

 

Traditionally living in an organizational isolation, teachers of the First Cycle and Childhood Educators find themselves in a new organizational model that makes them agents in the same Education Project, in the same Education Territory.

 

It obliges to a practice of educational continuity, sustained on an effective articulation of curricular development.

 

 

 

The quality education makes clear the educational continuity as a basic condition for its implementation, based on the assumption that education is a process that should lead to the global success of the individual, that should contribute for an adequate development of the competences that will allow, in a near future, this individual to become a responsible, solidary and participant citizen, a true agent of progress of the community he is part of.

Therefore, the present work seeks to analyze the theoretical assumptions of continuity and education articulation between Preschool Education and First Cycle.

Ler o artigo completo

joomla template